Skip to content

Tapas 2: A saga continua!

No último post falei sobre as lendas que explicam a origem das tapas, mas tinha muitas mais coisas na cabeça acerca deste tema para vos contar!

As tapas misturam o conceito de comer com o de socializar e o acto de sair para comer tapas deu origem a diversos verbos, que variam consoante a zona de Espanha: Tapear, ir de tapas, salir de poteo, potear.

blog_jurereinternacional_tapasAo contrário dos portugueses, que encontramos um café/bar do qual gostamos e vamos a esse mesmo sítio sempre que saímos de casa, o acto de tapear/salir de poteo consiste em ir a um bar tomar uma cerveja ou vinho, comer uma tapa e passado pouco tempo mudar de local e assim ir provando novas combinações e sabores! (é uma espécies de rally das tascas para nós, vá...)
Por aqui há também o costume de que cada um pague uma rodada à vez e/ou de fazer um "bote" onde todos põem determinada quantia e a partir daí se vai pagando a noite. Pelo que conheço até agora, o "bote" é normalmente feito no País Basco pelas "kuadrillas" (grupos de amigos) e daí aparecem os verbos "potear" e "ir de poteo".
Admito que acho uma boa ideia, mas já tentei pô-la em prática com portugueses e não teve muito sucesso...

Conselhos para ir de tapas

- A melhor opção é sair com um grupo pequeno, de 4 a 6 pessoas. Assim é mais fácil para arranjar lugar e ir deslocar-se de um bar para outro.

- O tapeo original é feito de pé, nos balcões dos bares

- O costume é comer uma ou duas tapas em cada sítio, para conhecer mais lugares

- Outro costume muito estendido por estes lados (como escrevi em cima) é o de que cada pessoa pague uma rodada. Fica sempre bem e no final acabamos por gastar o mesmo...

- Desfrutar do momento e da companhia!

entre caceres y badajoz
Tapas e raciones no Entre Caceres y Badajoz

Por muito que as tapas sejam algo típico de Espanha, nem todos os bares as oferecem, principalmente aqui em Madrid!(Conselho: a frase "Ponéis algo pa' picar?" resulta, nem que seja para um pratinho de batatas fritas... Os empregados costumam-se fazer de esquecidos principalmente com os turistas!) Isto significa que muitas vezes há que pagar se se quiser comer alguma coisa, e aí entram as tapas (pagas) e as raciones!
A diferença entre elas? O mais fácil é vê-las como 'meia dose' e 'dose normal', sendo que a ración (1 dose) é mais cara e maior que a tapa (meia dose). Por vezes a diferença dos preços não é assim tanta quanto isso e nesse caso acho sempre melhor optar pela ración!

E agora vocês perguntam: Oh Susana... Depois de tanto latim, vais-nos dizer algum sítio decente para tapear??
Vou sim senhora!
Neste momento os bares onde costumo ir, ou aos quais recomendo que vão:

- Entre Cáceres y Badajoz

entre-caceres-y-badajoz
C/ Don Ramón de la Cruz, 109 <metro> Lista, Manuel Becerra

Sem dúvida um dos melhores bares de Madrid neste momento! Como fica longe do centro ainda não foi infestado por turistas, portanto a qualidade continua boa e a quantidade excelente! Vale a pena perder algum tempo aqui, aproveitar a imensa variedade de tapas que oferecem e comer uma ou outra ración. O lugar é pequeno, portanto convém chegar cedo!

- Mareas vivas
C/ Veneras, 3 <metro> Callao, Ópera, Santo Domingo

Cañas a bom preço com tapa incluída! Por razões que desconheço é mais caro se o pedido for feito na mesa que se for ao balcão... Costuma estar cheio de gente em horas de ponta!

- La Pequeña Graná

PEQUEÑA GRANADA
C/ General Palanca, 16 <metro> Delicias, Palos de la Frontera

Possibilidade de escolher entre 22 opções de tapas. Funciona de maneira um pouco estranha: entre 1-3 pessoas é possível escolher 1 tapa, entre 4-6 pessoas podemos escolher 2 tapas diferentes, e a partir de 8 pessoas passa para 3 tapas diferentes!

- La Soberbia
C/ Espoz y Mina, 1 <metro> Gran Vía, Sevilla, Sol

São muito simpáticos e, para o sítio onde está localizado (uma das ruas que vai dar à Puerta del Sol), as cañas não são caras! Costumam pôr tapas de enchidos ou presunto.

- Indalo Tapas
C/ Pérez Galdós, 7 <metro> Gran Via, Chueca
Plaza de los Cubos <metro> Plaza de España, Ventura Rodríguez

O bar Indalo Tapas tem a sua origem em Alcalá de Henares. Sinceramente não conheço nenhuma das localizações em Madrid, mas já estive no de Alcalá e posso dizer que é maravilhoso! Não é o mais barato (cerveja a 2,90€), mas as tapas são fantásticas e generosas! É possível escolher uma tapa de entre 30 opções diferentes que incluem entre elas um hamburguer com queijo e batatas fritas!

E o bar ao qual digo um rotundo NÃO?

El Tigre, sem dúvida!

el-tigre-madrid
É um dos bares de tapas grátis mais conhecidos de Madrid. Está situado numa zona excelente (Calle Infantas) em pleno centro e bairro de Chueca. A cerveja custa 2€ e dá direito a quantidades gigantescas de comida, mas com uma qualidade MUITO MÁ!
Dizem que em tempos, antes de ser um 'bar para turistas', as tapas eram muito boas e as pessoas gostavam de lá ir...
Hoje em dia apenas o "recomendo" a pessoas de estômago forte, que não se importem de passar o tempo todo em pé (porque não há cadeiras nem mesas) e não tenham nojo de comer os restos das tapas das outras pessoas... Porque ou muito me engano, ou ali tudo o que volta para trás sai 5 minutos depois, com um bocado de molho por cima para dar sabor, para outra mesa...

Tapas/Pintxos preferidos:

Gilda

pintxo-gilda-300x336
Típico pintxo de San Sebastián, dizem ser o pintxo original, o primeiro a existir!
Azeitonas verdes, anchovas e guindillas picantes... Uma maravilha!

Pincho moruno

tapa459
Espetada de carne, normalmente de porco, se bem que as originais eram feitas com frango e borrego, temperadas com uma mistura de especiarias vindas do Magrebe (e daí o nome 'moruno', de mouro).

Patatas Alioli

patatas alioli

Um clássico tão clássico como as patatas bravas, mas que eu pessoalmente prefiro! Batatas cortadas aos pedaços com maionese de alho por cima. Há a versão fria (batata cozida e fria) e quente (batata frita quentinha) e eu como qualquer uma delas, mas há gente que prefere a versão quente...

Huevos Rotos con Jamon Ibérico

huevos rotos
Outro clássico! Batatas fritas, ovos estrelados e presunto. Nham Nham!

Chipirones fritos a la andaluza

chipironesfritos

Como é que há gente que consegue resistir a uns bons chipirones fritos?? Não entendo! 😀

Calamares a la romana

calamares_a_la_romana

E quem diz chopitos, diz calamares... Aros de lula fritos, com sumo de limºao por cima. Um clássico que nunca nos deixa ficar mal! (da última vez que fui à Taberna Maceira com a minha prima Suzana comemos tantos calamares que a mulher nos perguntou se não queriamos a fritadeira para os fazer "on demand"). Podem ser no prato ou no pão, os famosos bocadillos de calamares, são sempre bem-vindos!

---

Há relativamente pouco tempo apareceu também um novo conceito de souvenir para turistas:
As Tapas To Go! Custa 10,95€ e há 4 variedades

TG-INT


Qual a tua tapa favorita? Aquela que não consegues deixar de comer... 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *