Skip to content

Domingo é dia de Rastro!!

blog de viagens desbravando madridÉ verdade... Já levo algum tempo sem escrever por aqui.
Peço desculpa, mas as coisas têm andado complicadinhas para os meus lados. Entre que ando a mil no trabalho, chego a casa sem energia nem para fazer o jantar e decidi começar uns quantos projectos DIY novos, o tempo (e a vontade) para escrever no blog têm vindo a diminuir exponencialmente.

blog de viagens desbravando madridOntem foi domingo... E domingo em Madrid significa, acima de tudo, El Rastro!


Para nós que estamos habituados às feiras semanais, o Rastro não é nada do outro mundo...
Prontooo, não é o mesmo que ver as senhoras do campo a vender hortaliças, os ciganos e as suas promoções de "tré, cínque eires!"(três, cinco euros), ou os stands de cuecas que tanto fazem as delícias de mães e avós!
No Rastro vendem-se coisas diferentes: muitos souvenirs, muitos artigos marroquinos, roupa, carteiras (sim, sou do norte e para mim uma bolsa é uma carteira! E uma carteira é um porta-moedas!), quinquilharias várias, móveis, roupa usada, casacos de pele(de proveniência duvidosa), móveis, livros, animais, etc e tal. Mas o ambiente é o mesmo! Gente a gritar os preços, pessoas aos encontrões, fãs acérrimas da roupa de marca a 2€ feitas loucas a remexer nos montes e à procura de algo que valha a pena, muitos turistas, alguns roubos, etc e tal.
Mas quem é que nunca viu disso na feira semanal de Braga, Barcelos, na feria do Relógio, feira de Ladra ou em qualquer outra feira portuguesa?
De qualquer forma não deixa de ser uma experiência interessante de ser vivida! Posso dizer que vivo a 10min do Rastro e já lá não ia há mais de 1 ano... (shame on me?)

Porque o nome El Rastro?

blog de viagens desbravando madridO Rastro é um mercado ao ar livre que se celebra aos Domingos e feriados (entre as 09h00 e as 15h00) no centro histórico de Madrid, no bairro de La Latina. Conta com mais de 400 anos de história e está situado numa zona onde antigamente existiam diversos matadouros e curtidores de peles, sendo a zona 'principal' do mercado situada na Calle Ribera de Curtidores. Crê-se que a origem da palavra El Rastro vem de que quando os animais eram mortos e vendidos, deixavam um rasto de sangue que descia pela rua. Não existem provas a 100% de que esta é efectivamente a origem do nome do mercado, no entanto é a mais aceite.

blog de viagens desbravando madridTradicionalmente, existem ruas ou praças dedicadas a determinados tipos de produtos:
- Calle Fray Ceferino González, conhecida como a rua dos pássaros. Nesta rua eram vendidos animais de companhia, aves e artigos relacionados. Desde 2000 apenas é permitido o comércio de animais dentro das lojas desta rua e não na rua.
- Calle San Cayetano, conhecida pela rua dos pintores. Nesta rua é possível encontrar à venda pinturas a óleo, ilustrações e artigos relacionados com a prática do desenho ou pintura.
- Calle Rodas e as Praças General Vara del Rey e Campillo del Mundo Nuevo, dedicadas à compra e venda de revistas, cromos, estampas, selos e jogos de cartas coleccionáveis. Um paraíso para todos os miúdos e graúdos com paixão por este tipo de artigos.
- A Plaza General Vara del Rey conta também com vários postos de venda de roupa em segunda mão.
- Calle del Carnero e Calle de Carlos Arniches, as ruas por excelência dos alfarrabistas e da venda de livros em segunda mão.
- Plaza de Cascorro, especializada na venda de roupa underground e acessórios
- Ronda de Toledo, onde desde o século XX se vende música e material diverso relacionado com a mesma.

blog de viagens desbravando madrid

Onde está situado?

O mercado situa-se no centro histórico da cidade, numa zona triangular que podemos delimitar com as estações de metro de La Latina, Puerta de Toledo e Embajadores.

Como chegar?

As estações de metro mais perto são:
L5 - Acácias, Puerta de Toledo, La Latina
<M> L3 - Embajadores

----

Já conheces o board do Desbravando Madrid no Pinterest?

Visita a página do Desbravando Madrid no Facebook e faz like!

Segue o Desbravando Madrid no Twitter!

Adiciona o Desbravando Madrid aos teus círculos do Google+!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *