Porque o Urso e o Medronheiro são o símbolo de Madrid?

Toda a gente tira foto com o Urso e o Medronheiro... Toda a gente acha graça à estatua... Mas será que alguém conhece a história do porquê de este ser o símbolo da cidade de Madrid?

Primeira surpresa do artigo: é umA ursA!

Urso e o Medronheiro madronho madrid significado curiosidades madrid o que fazer em madrid

Segundo os arquivos da cidade guardados na Casa de la Panadería, na Plaza Mayor, e os manuscritos aí existentes, confirma-se que é uma fêmea e que representa a constelação da Ursa Menor, assim como a fertilidade.

Urso e o Medronheiro madronho madrid significado curiosidades madrid o que fazer em madridVoltemos atrás no tempo, antes do ano 1200... Quando Madrid ainda era uma povoação pequena e pouco importante, o seu escudo era constituído por uma pedra de sílex com dois malhos a soltar faíscas e com a parte de baixo da pedra submergida num charco de água, que faziam referência a uma lenda da cidade que diz "Sobre agua me fundaron y mis muros fuego son". Com este escudo recreavam-se as origens de Madrid: criada sobre nascentes de água, e cujas muralhas soltavam faíscas e "fogo" sempre que eram atingidas por setas dos inimigos.

Quando mais tarde Madrid recebeu o seu foral, houve uma grande disputa entre a Igreja e o Estado sobre quem ficaria a cargo da exploração de madeira, da caça e da pastorícia. Passaram mais de 20 anos em negociações, até que finalmente decidiram que a Igreja ficaria com as terras de pastoreio, enquanto que o Estado estaria encarregue da madeira e da caça.

Desta forma no escudo a ursa ergue-se sobre as suas patas traseiras para mostrar o domínio da Igreja sobre as terras, enquanto que com as dianteiras se apoia na árvore que representa a madeira e a caça por parte do Estado.

Os dois estão representados sobre um céu azul celeste, claridade célebre da cidade naquela época, com sete estrelas que representam a constelação da Ursa Menor.

Segunda surpresa do artigo: Nem sempre a árvore foi um medronheiro!

Segundo alguns historiadores, no início a árvore representada era um carvalho, muito comum por estes lados, mas foi trocado por um medronheiro quando no início do séc XVI uma febre assolou a cidade deixando o próprio rei Carlos V doente. Nessa altura os madrilenos descobriram que fervendo folhas de medronheiro e bebendo esse chá era possível melhorar a febre, curando assim centenas de pessoas e também o próprio rei! Desta forma o medronheiro ganhou o seu lugar no escudo da cidade!

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *