Skip to content

Calle del Ave María!

calle del ave maria lavapies curiosidades madrid o que ver em madrid

Lavapiés é um dos bairros mais castizos de Madrid, com mais de 500 anos de história, estórias, anedotas e factos curiosos!
Como falamos num outro artigo sobre as ruas de Madrid, tanto a rua como a praça de Lavapiés receberam esse nome pelo facto de existir na praça uma fonte onde os judeus lavavam os pés antes de entrarem no templo.

Antes de ser o bairro multicultural que hoje conhecemos, Lavapiés começou por ser a judiaria da cidade, mas com a expulsão dos judeus desta zona durante o século XV, rapidamente começou a cristianização da mesma, começando pelos nomes das ruas, que passaram a ter nomes tão "religiosos" como a Calle del Amor de Diós, Calle de la Fé, ou a rua sobre a que vou falar hoje, a Calle del Ave María.
Por aqueles tempos, esta rua era conhecida por nela estarem localizados uma grande quantidade de bordéis, sítios onde todos os dias aconteciam escândalos e problemas que faziam com que a vida dos demais vizinhos fosse complicada!
Ao saber desta situação o beato Simón de Rojas tentou convencer várias vezes as prostitutas a mudarem de vida, mas acabou sempre insultado e ameaçado. Farto de tudo isto, aproveitou o facto de ser confessor do rei Felipe II (o mesmo que construiu a cadeira) para falar com ele e pedir-lhe que todos estes bordéis fossem demolidos.
O monarca aceitou o pedido do beato e as casas foram demolidas. E aqui começou o verdadeiro escândalo: ao derrubarem as casas, foram encontrados dezenas de esqueletos de adultos e crianças nas caves, fazendo com que o beato ao deparar-se com esta visão soltasse um sonoro "Avé Maria!", dando origem ao nome da rua que perdura até hoje!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *