Restaurante José María e o famoso cochinillo segoviano

De pequena lembro-me que todos os anos fazíamos uma viagem a Fátima ou Lisboa e o meu pai fazia questão de calcular o tempo de forma a que à hora do almoço estivéssemos a passar pela zona da Bairrada/Mealhada, para comer o típico leitão. E se não comíamos leitão no almoço da ida, de certeza que o comíamos no jantar da volta... Segóvia tem a mesma tradição: é "impossível" ir conhecer a cidade sem provar o seu famoso "cochinillo".

cochinillo segoviano, leitao segovia,onde comer leitao em segovia, restaurante josé maría

Da última vez que o meu pai veio visitar-me a Madrid decidimos passar um dia em Segóvia, cidade que ele não conhecia. O tempo jogou um bocado contra nós e acabou por ser mais um "vamos a Segóvia almoçar" do que um "vamos conhecer Segóvia".

Depois de procurar um pouco pela internet e pedir recomendações a várias pessoas, decidimos ir ao Restaurante José María, um dos (vários) restaurantes típicos para comer o famoso leitão segoviano.

cochinillo segoviano, leitao segovia,onde comer leitao em segovia, restaurante josé maría

Erro nº1: não fizemos reserva antecipada!

Chegamos por volta das 12h30 para reservar uma mesa para o almoço e disseram-nos que já não faziam reservas (desde a semana anterior) para o turno desse almoço e que, a partir das 14h00, as pessoas iam entrando conforme iam chegando. Ok, sem problema... Deram-nos uma hora estimada para começar a almoçar: 15h45.

cochinillo segoviano, leitao segovia, onde comer leitao em segovia, restaurante josé maría
Bar / Mesón antes da 'rush hour'. Perfeito para umas cervejas!
cochinillo segoviano, leitao segovia, onde comer leitao em segovia, restaurante josé maría
Bar / Mesón antes da 'rush hour'. Perfeito para umas cervejas!
cochinillo segoviano, leitao segovia, onde comer leitao em segovia, restaurante josé maría
Facas de cortar presunto utilizadas até ao último momento!

Erro nº2: chegamos antes da hora marcada

Como ninguém nos tinha avisado nesse momento que a ordem de entrada para comer era a ordem de chegada, decidimos ir um pouco mais cedo, para o caso de as pessoas que estavam à nossa frente se atrasarem e assim podermos entrar antes... Erro. Erro. Erro. O bar estava apinhado de gente à espera e, entre uma cerveja e outra, fomos chamados para almoçar às 16h30.

O Cochinillo

Segundo a tradição segoviana, o leitão deve ter entre 15 e 20 dias de idade e 4,2 e 4,8kg de peso. É assado em forno de lenha durante aproximadamente 3 horas em assadeiras de barro, que são depois levadas para a mesa e mostradas aos comensais. Dita a tradição que o leitão seja cortado com um prato para mostrar o quão tenro é.

cochinillo segoviano, leitao segovia, onde comer leitao em segovia, restaurante josé maría
Cochinillo assado à maneira de Segóvia

Ao contrário do leitão em Portugal, servido em doses para várias pessoas com acompanhamento incluído, aqui cada leitão é dividido em 6 partes, cada uma delas para um comensal, sem direito a acompanhamento que é pago à parte.

cochinillo segoviano, leitao segovia, onde comer leitao em segovia, restaurante josé maría
"Leitão para 2, por favor" estilo espanhol
cochinillo segoviano, leitao segovia, onde comer leitao em segovia, restaurante josé maría
Sobremesa. Óptima, mas continuo sem saber qual o nome...

O bom, o mau e o "horrível"

O bom: o leitão estava bom de paladar, muito parecido ao português, mas (felizmente) sem aquele "recheio" característico de Portugal que eu não gosto muito. A sobremesa estava deliciosa e o vinho tinto que pedimos era perfeito para acompanhar a comida. Um agradecimento especial aos empregados do restaurante, todos super simpáticos e que me ofereceram um porquinho mealheiro de barro!

O mau: infelizmente o leitão vinha frio, o que me fez ficar um pouco desiludida ao início. O tempo de espera para almoçar, quando havia muitas mesas livres, foi excessivo e achei que a entrada das pessoas se fazia de forma bastante caótica. Não se esqueçam de reservar antes de ir, para evitar estas confusões!

O "horrível": o preço, sem dúvida. Achei que 80€ para duas pessoas (leitão para 2, 1 prato de batatas fritas, 1 garrafa de água, meia garrafa de vinho tinto da casa, 1 sobremesa) é demasiado.

De todas as formas era uma experiência pela qual tinha curiosidade em passar e que no final até gostei! Deixo-vos um video do Restaurante José María para que conheçam um pouco mais da tradição.

E vocês? Alguma vez comeram cochinillo/leitão em Segóvia? Em que restaurante? O que acharam?

Comentários

Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *