Skip to content

Quem foi San Isidro?

Maio é um mês realmente importante na Comunidadede Madrid. No dia 2 celebramos o dia da comunidade, dia em que, em 1888, o povo madrileno conseguiu conter a invasão de Napoleão à cidade; e no dia 15 é dia de San Isidro, que não sendo o padroeiro "oficial" da cidade, é um dos santos mais acarinhados.
Mas quem foi este homem e porque é tão importante de Madrid?

san isidro, lavrador, sao isidro
(fonte: biografiasyvidas.com)

San Isidro, cujo nome era Isidro de Merlo e Quintana, nasceu a 4 de Abril de 1802 em Mayrit. Era um lavrador com ascendência muçulmana e esteve ao serviço da família Vargas durante a maior parte da sua vida. Trabalhou principalmente em Madrid e nos seus arredores, e era conhecido por chegar tarde ao trabalho, pois costumava ir à missa todos os dias antes de começar a jorna.

Segundo as (poucas) informações que temos sobre San Isidro,o seu trabalho principal foi, durante muito tempo, cavar poços. Em 1110, quando Ali, rei de Marrocos, atacou Madrid, Isidro fugiu para Torrelaguna, como muitas outras pessoas. Aí continuou a exercer este trabalho durante algum tempo. Acabou por conhecer uma rapariga de Uceda, chamada María Toribia com quem casou e teve um filho que quase morreu afogado num poço (e se salvou à custa de um milagre, o mais famoso de San Isidro). Esta Maria seria mais tarde conhecida como Santa María de la Cabeza, santa venerada em Madrid, e o seu filho, San Illán. Passados alguns anos a família voltou a Madrid, para cuidar das terras da família Vargas. É neste momento que Isidro se dedica à agricultura e começa a ser conhecido como Isidro Lavrador, conforme nos conta a história do Códice de San Isidro escrito em 1275 em latim medieval.

andor, san isidro
(fonte: santojudastadeo.files.wordpress.com)

San Isidro faleceu a 30 de Novembro de 1172 aos 90 anos, uma idade muito avançada para a época!! Como toda a gente simples por aquele então, foi enterrado num caixão de madeira no cemitério da igreja de San Andrés, a mais próxima de sua casa. Em 1213, e como agradecimento pela vitória da Batalha de Navas de Tolosa, o rei Alfonso VIII manda exumar o corpo de San Isidro e construiu uma capela em sua honra, onde depositou o corpo mumificado e incorrupto do santo, dentro da chamada “arca mosaica”.

Neste momento Isidro ainda não tinha sido santificado, no entanto a população de Madrid já lhe rendia culto desde o século XII.

Durante o reinado de Alfonso X, em 1504, é feito um inventário à Igreja de San Andrés e é quando encontram o Códice de San Isidro, escrito em latim antigo, junto ao corpo do santo, que continuava incorrupto mesmo depois de 400 anos. É através deste texto que descobrimos os seus 5 milagres principais, assim como a origem do nome pelo qual era chamado: Ysidorus Agricola. A arca na qual encontraram o santo era a mesma mandada construir no século XIII por Alfonso VIII e estava decorada com pinturas que representam 4 dos 5 milagres descritos no códice.

 San Isidro, arca mosaica, Catedral da Almudena
Arca de San Isidro, ou arca mosaica, actualmente na Catedral da Almudena (fonte: lugaressacros.blogspot.com.es)

Foi beatificado a 14 de Junho de 1619 pelo Papa Paulo V e canonizado a 12 de Março de 1622 por Gregório XV juntamente com São Filipe Neri, Santa Teresa de Jesus, São Inácio de Loyola e São Francisco Xavier. Foi o primeiro laico casado e com filhos a ser canonizado, o que também aconteceu à sua mulher (Santa María de la Cabeza) e filho (San Illán).

A primeira grande festa em honra do santo teve lugar em 1620 aquando da sua beatificação, na qual o corpo de San Isidro foi levado em procissão pelas ruas de Madrid. Mas foi apenas com a sua canonização que se determinou o dia em sua honra: 15 de Maio.

mumia, san isidro
Corpo de San Isidro (fonte: preguntasantoral.es)

Com o passar do tempo o corpo chegou a sofrer mutilações provocadas pelo fervor religioso: uma altura, uma das damas de Isabel a Católica arrancou à dentada um dedo do pé de San Isidro; e anos depois o serralheiro pessoal de Carlos II arrancou um dente ao Santo para o oferecer ao monarca, que o guardou debaixo da almofada até à data da sua morte.

Em 1960 o Papa João XXIII declarou-o o santo padroeiro dos agricultores espanhóis.

Hoje em dia podemos ver os restos de San Isidro, que continuam incorruptos, na Colegiata de San Isidro (calle Toledo) numa arca mortuária feita de prata e oferecida pelos Plateros de Madrid aquando da sua canonização.

Vais viajar para Madrid?
aviao-30

Encontra na eDreams voos para Madrid ao melhor preço.

hotel-30

Hotéis baratos em Madrid no Booking

turismo-30

À procura de uma visita guiada pela cidade? Fala comigo!

Ao utilizares os links de afiliados estás a ajudar-me a pagar os custos do blog. A Booking e a eDreams dão-me uma pequena comissão por cada venda e tu não pagas mais por isso! 🙂



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *