Congresso dos Deputados

O Congresso dos Deputados de Madrid é a Câmara Baixa das Cortes Generales, o órgão que representa os espanhóis e é também um local cheio de história e estórias para conhecer.
Está situado no chamado Palacio de las Cortes, situado na Plaza de las Cortes em Madrid. É um dos edifícios mais emblemáticos da Madrid do século XIX, de estilo neoclássico.
Mas o Congresso nem sempre esteve aqui e a sua história nem sempre foi tranquila.

Porta dos Leões

Inícios do Congresso de Deputados

A história do edifício do Congresso dos Deputados começa no final do século XVI quando o Marquês de Tavara cedeu algumas terras na Carrera de San Jerónimo para que se pudesse construir um convento. Os religiosos transladaram-se para aqui mas não foi até 1684, quando outra marquesa ofereceu mais terreno, que puderam construir um convento com igreja, dedicados ao Espírito Santo.

Em 1823, enquanto assistia à missa Luis António de França Duque de Algulema e sobrinho de Luis XVI, houve um incêndio na igreja que a deixou totalmente destruída. Os clérigos foram obrigados a mudar-se para Portacoeli.

O convento ficou ao abandono até 1834, quando María Cristina de Borbón criou os Estamentos de Procuradores de Próceres, precursores do Senado e Câmara de Deputados. Os Próceres começaram a reunir-se no Casón del Buen Retiro e mais tarde transladaram-se para o colégio de Dona Maria de Aragón, no local onde hoje em dia se situa o Senado.

Os Procuradores reuniam-se no convento abandonado da Carrera de San Jeronimo, até que em 1842 decidiram construir um edifício adequado para o Congresso. Foi convocado um concurso para a construção do edifício, ganho por Narciso Pascual y Colomer, que terminou as obras em 1850.

Vestíbulo de Isabel II

Curiosidades sobre o Congresso dos Deputados

- O corredor que rodeia o Hemiciclo é conhecido popularmente como M-30

- O Salão dos Passos Perdidos tem este nome porque era a sala de espera antes das audiências, onde os mais stressados caminhavam de um lado para o outro antes de serem atendidos.

Pormenores da Sala de Conferências

- No passado os estofos dos ministros dentro do Hemiciclo eram azuis. Hoje em dia são verdes.

- Antigamente os deputados sentavam-se em bancos corridos no Hemiciclo, daí a expressão de “bancada socialista” ou “bancada popular”.

Bancada no Hemiciclo

- O Hemiciclo tem capacidade para 400 deputados, mas hoje em dia existem “apenas” 350.

- Quando abriu em 1850, o Congresso de Deputados era um edifício de apenas 12400 metros quadrados. Hoje em dia ocupa mais de 73000 m2.

Bancadas do Hemiciclo

- Os leões da entrada principal estão feitos com o bronze fundido dos canhões capturados durante a guerra em África em 1860. Popularmente foram chamados de Daoiz e Velarde, mas há uns anos, depois de que o Manu do Secretos de Madrid levantasse a questão sobre um dos leões não ter testículos, foi dito que poderiam representar os leões da deusa Cibeles, Hipómenes e Atalanta.

- A Porta dos Leões apenas é aberta em actos solenes como a abertura oficial das Cortes ou as visitas do Rei. Abrem também, desde 1997, durante as Jornadas de Portas Abertas.

Tribuna Congresso dos Deputados

- Por cima da tribuna encontramos 2 estátuas de mármore de Isabel a Católica e Fernando o Católico, obras de José Panucci e Andrés Rodriguez. Do lado esquerdo está um quadro da rainha regente Maria de Molina apresentando o seu filho às Cortes de Valladolid e do lado direito outro quadro que representa as Cortes de Cádiz.

- O tecto é formado por 50 metros quadrados de abóbada com pinturas da rainha Isabel II rodeada de personagens importantes da história espanhola como Colombo, El Cid, Cervantes, Lope de Vega ou Velázquez.

Abóbada do Hemiciclo

Tentativa de Golpe de Estado – 23 Fevereiro 1981

A 23 de Fevereiro de 1981, enquanto o hemiciclo votava a investidura de Leopoldo Calvo Sotelo como presidente do Governo, o tenente-coronel Antonio Tejero e 288 guardias civiles entram de assalto no Congresso dos Deputados para tentar conseguir o “vazio de poder” e assim gerar um novo governo.

No momento em que Tejero grita desde a tribuna para que todos se calem, o general (e vice-presidente do governo) Gutiérrez Mellado vai ter com ele para o obrigar a depor as armas, mas Tejero começa a disparar para o ar, seguido dos restantes guardias civiles.

balas-congresso-deputados

Hoje em dia ainda podemos ver alguns dos buracos das 36 balas disparadas.

Visitas ao Congresso de Deputados

Muita gente pensa que só se pode visitar o Congresso de Deputados em dias especiais durante o ano, mas na realidade é possível visitar o edifício de Segunda a Sábado, sempre e quando não haja plenário a decorrer nesse dia.

As visitas duram cerca de 1h e são feitas em grupos com máximo de 25 pessoas.

Sala María Pineda

Horários: de Segunda a Sexta, das 09h30 às 14h30 (excepto Agosto e/ou quando há plenário); Sábados durante todo o ano, das 10h30 à 12h30.

Sala Constitucional

O percurso das visitas guiadas começa na Porta dos Leões, passando pelo Vestíbulo Principal, Vestíbulo da Rainha, Salão dos Passos Perdidos, Escritórios do Relógio e da Constituição para depois entrar no Hemiciclo onde se celebram os plenários. Após o Hemiciclo continuamos pela Galeria dos Retratos, no primeiro andar, a Sala Mariana Pineda e no final a Sala Constitucional.

Para organizar visitas guiadas de grupos: (+34) 91 390 65 25, (+34) 91 390 65 26 ou guias.congreso@sgral.congreso.es.

Sala Ernest Lluch
Vais viajar para Madrid?
aviao-30

Encontra na eDreams voos para Madrid ao melhor preço.

hotel-30

Hotéis baratos em Madrid no Booking

turismo-30

À procura de uma visita guiada pela cidade? Fala comigo!

Ao utilizares os links de afiliados estás a ajudar-me a pagar os custos do blog. A Booking e a eDreams dão-me uma pequena comissão por cada venda e tu não pagas mais por isso! 🙂




Comentários

Comentários

Publicado em Categorias Centro

Sobre Susana

Portuguesa, nascida e criada em Braga e com muito orgulho das minhas raízes. Tradutora de "curso", Analista SEO de profissão, trabalho há 2 anos em Madrid! Adoro viajar e conhecer novos países e culturas! Um dos meus hobbies favoritos é servir de guía turístico aos meus amigos e daí a vontade de criar um blog!