Uma das coisas que mais gosto em Madrid é da quantidade de lendas e de fantasmas que existem! desta vez escrevo sobre o fantasma sem cabeça da Igreja de San Ginés, mas já falei da lenda da Casa das 7 chaminés, da Catedral da Almudena ou do fantasma da Calle del Desengaño.

Quem foi San Ginés?

San Ginés foi um santo mártir do século IV que nasceu em Arles, na França. Foi bispo dessa cidade e sofreu perseguição por parte dos romanos, que o torturaram e decapitaram por não renunciar à sua fé cristã. A sua festa é celebrada a 25 de agosto e é o padroeiro dos notários, secretários e escrivões.

Como chegou a sua imagem a Madrid?

A imagem de San Ginés chegou a Madrid no século XVI, trazida por um nobre francês chamado Raimundo de Borgonha, que era genro do rei Afonso VI de Leão e Castela. Raimundo trouxe consigo tropas borgonhesas e provençais, que se instalaram na zona da atual calle Arenal. Para honrar o seu santo padroeiro, construíram uma igreja dedicada a San Ginés de Arles, que é uma das mais antigas de Madrid.

igreja san gines | a lenda do fantasma de san ginés

O que aconteceu na igreja em 1353?

A igreja de San Ginés foi palco de um acontecimento terrível em 1353, durante o reinado de Pedro I, conhecido como o Cruel.

Numa noite, uns ladrões entraram na igreja para roubar as jóias, os cálices e os ornamentos sagrados. Não se aperceberam que numa zona mais escura da igreja estava um homem a rezar de joelhos, que ao ver o saque os enfrentou e ameaçou denunciá-los.

Os ladrões, sem piedade, mataram o velho com tal violência que lhe cortaram a cabeça e deixaram um rasto de sangue no chão. O assassinato causou grande comoção entre os madrilenos e o rei jurou vingança.

Como surgiu o fantasma sem cabeça?

Segundo a lenda, o espírito do ancião decapitado não encontrou repouso e começou a aparecer na igreja dias depois do crime. O fantasma sem cabeça percorria os corredores do templo com um único propósito: revelar a identidade dos seus assassinos.

Os seus aparecimentos transcenderam todo o território até que os ladrões foram capturados, presos e condenados à morte por ordem do rei. Os criminosos foram atirados ao precipício, mas isso não acalmou o fantasma.

Diz-se que ainda hoje se ouvem ruídos estranhos na igreja e que se sente uma presença inquietante. Há quem diga que o fantasma aparece muitas vezes durante a noite.

Como é a igreja atualmente?

A igreja atual é fruto da reconstrução do templo em 1641, depois do derrube do primitivo, possivelmente de estilo mudéjar.

A fachada é de pedra e tijolo e foi feita em 1870, mas foi destruída durante a Guerra Civil e teve que ser restaurada. O pórtico tem três grandes arcos e no interior há três naves de estilo neoplateresco.

quadro greco igreja san gines | a lenda do fantasma de san ginés

A igreja guarda obras de arte importantes, como um quadro do Greco chamado A purificação do templo. Na cripta estão sepultados madrilenos ilustres, como o fundador do El Corte Inglés.

A igreja também tem uma relação com escritores famosos, como Lope de Vega, que foi batizado ali, e Quevedo, que se casou ali.

Vale a pena visitar a igreja?

Sem dúvida que sim. A igreja de San Ginés é um dos tesouros do Madrid dos Austrias, o conjunto histórico, artístico e arquitetónico que se formou na época dos Habsburgos. A igreja está situada no centro da cidade, entre a Puerta del Sol e a Plaza de Ópera, e é um lugar cheio de história e de mistério.

Se te atreves, podes entrar na igreja e tentar ver ou sentir o fantasma sem cabeça. Quem sabe se ele não te revela algum segredo do passado?

E já que lá estás, aproveita para ver o quadro do Greco, mas atenção aos horários de abertura da igreja!

Artigo anteriorO que significa o antigo lema de Madrid?
Próximo artigoA lenda do oficial Echenique e da sua amante fantasma
Susana
Portuguesa, nascida e criada em Braga, madrilena de adopção. Tradutora de "curso", Analista SEO de profissão, trabalhei na capital espanhola durante 9 anos. Adoro viajar, perder-me pelas cidades, conhecer novas culturas e amo o mar! Faço visitas guiadas por Madrid em português e escrevo sobre as centenas de curiosidades que esta cidade guarda!