Lavapiés, Malasaña, Chueca, Chamberi… são alguns dos nomes dos bairros de Madrid. Mas já algumas vez paraste para pensar de onde vêm ou porque foram postos a determinadas zonas da cidade?

Hoje vamos falar sobre os nomes de alguns dos bairros (e distritos) mais famosos de Madrid, grandes desconhecidos para os turistas e velhos conhecidos para os locais!

Os nomes mais curiosos dos bairros de Madrid

Antes de começar, tenho de avisar que muitas das denominações de “bairro” que usamos tradicionalmente em Madrid, na verdade não são bairros per se, mas zonas bem delimitadas e pertencentes a algum dos distritos do centro da cidade. É o caso de Chueca, Malasaña, Las Letras, Las Vistillas, Triball, etc.

 


Conhece Madrid com uma guia portuguesa apaixonada pela cidade!

Sabe mais sobre os nossos tours guiados por Madrid.


 

bairro de chueca

Bairro de Chueca

Um dos bairros não-oficiais mais famosos do centro de Madrid! É o bairro LGBT+ por excelência e todos os serviços nesta zona estão focados neste coletivo. Há bares para elas, clubs para eles e montanhas de lojas, hotéis, restaurantes e bares gay friendly.

O nome Chueca vem da principal praça do bairro, dedicada a Federico Chueca, um famoso compositor espanhol de zarzuelas. Como curiosidade, Federico Chueca nasceu em 1846 na Torre de los Lujanes, na Plaza de la Villa, o edifício civil mais antigo da cidade de Madrid!

bairro de malasaña

Bairro de Malasaña

Malasaña já pertenceu aos punks, aos roqueiros e agora é o habitat natural dos hipsters de Madrid.

Recebeu este nome em honra de uma costureira de apenas 17 anos que fez frente aos franceses durante a Guerra da Independência e a invasão de Madrid pelas tropas napoleónicas. Infelizmente, foi uma das muitas vítimas do levantamento do 2 de maio de 1808. O seu nome era Manuela Malasaña e, como vivia nesta zona, uma das ruas do bairro recebeu o seu nome.

Durante os anos 80, com o aparecimento da Movida Madrileña, todo o bairro ficou conhecido por este nome, mas na realidade pertence ao distrito Centro, ao bairro de Justicia.

– Publicidade –



corralas no bairro de lavapies

Bairro de Lavapiés

De Lavapiés já falei em alguns posts, como este sobre a Plaza de Lavapiés, o centro nevrálgico do bairro.

Existem várias teorias para o nome deste bairro, mas nenhuma delas foi comprovada a 100%.

Sabemos que Lavapiés tem mais de 500 anos e que foi a judiaria da cidade de Madrid. Diz-se que na praça principal dessa outrora judiaria havia uma fonte utilizada para que as pessoas lavassem os pés antes de entrarem no templo, vindo daí o nome.

Se bem é certo que existiu uma fonte na praça principal, era utilizada como fonte para beber, descartando assim a primeira hipótese.

Outra teoria diz que o nome atual provém da palavra “Avapiés”, que ninguém sabe muito bem o que significa.

A terceira teoria, e a mais aceite hoje em dia, diz que pelas encostas de Lavapiés desciam vários riachos que chegavam até Embajadores, no entanto isto só acontecia quando chovia. Assim sendo, as pessoas que por ali estivessem quando começava a chover apanhavam uma surpresa e molhavam os pés todos! Molhar os pés … “Lavar” os pés … Lavapiés.

Barrio de las Letras

Esta zona do centro de Madrid ficou conhecida pelo bairro da letras porque aqui moraram, ao longo dos séculos, vários dos maiores escritores espanhóis. Lope de Veja, Quevedo, Cervantes, entre outros.

Pelas ruas encontramos placas que nos relembram onde viviam ou foram enterradas estas personalidades; e pelo chão encontramos vários poemas e fragmentos das maiores obras da literatura espanhola.

 


À procura de um guia brasileiro ou português em Madrid?

Fala comigo!


 

Bairro de La Latina

Outro dos bairros mais na moda de Madrid. É aqui onde se celebra a verbena da Virgem de la Paloma e onde encontramos as famosas ruas Cava Alta e Cava Baja cheias de bares onde tapear.

La Latina foi uma mulher muito culta, inteligente e estudiosa para o seu tempo. O seu verdadeiro nome era Beatriz Galindo e foi a tutora dos filhos dos Reis Católicos. Falava fluentemente latim, motivo pelo qual recebeu o nome de “A Latina”.

metro de chamberi

Bairro de Chamberi

Quando ouvi falar pela primeira vez do nome deste bairro pensei “lá estão os espanhóis a castelhanizar tudo outra vez… Aposto que o nome é francês.”.

E não é que, de certa forma, tinha razão?

Chambery é uma cidade da zona Este de França que foi capital de Saboia. E em 1808 Napoleão decidiu invadir Espanha… Com o pretexto de invadir Portugal, aproveitou e anexou Espanha ao seu império.

E esta foi a zona da cidade onde o exército de Napoleão se assentou para tentar entrar em Madrid. Este regimento tinha o nome de Regimento Chambery em honra da cidade, e acabou por dar esse nome ao bairro.

– Publicidade –



Bairro de Prosperidad

É um bairro muito bairro da zona nordeste de Madrid, quem vai em direção ao aeroporto, depois da famosa Avenida de América. É um bairro residencial e que nunca sai nos guias turísticos da cidade. Não há nada para ver por aqui e certamente nem vais conhecer o bairro a não ser que o teu hotel em Madrid esteja aqui localizado.

Prosperidad soa bonito, “prosperidade” em português, e os evoca sonhos e vontades das pessoas que ali vivem e que a partir dali queriam prosperar na capital. Mas a história desta vez não é tão bonita e o nome Prosperidad é simplesmente uma honra concedida a uma pessoa…

Próspero Soynard. Foi o primeiro dono dos terrenos onde hoje se assenta o bairro. No ano 1862 vendeu as primeiras parcelas do seu terreno a um construtor e um carpinteiro para que aí construíssem as suas casas. A partir daí o novo bairro dos arredores de Madrid foi crescendo, e o nome Prosperidad ficou como recordação do senhor Próspero.

Bairro de Tetuán

Outro nome que nos faz lembrar uma cidade estrangeira… Desta vez Tetouan, em Marrocos.

Em 1860 o general O’Donell entrou vitorioso em Madrid depois de vencer a guerra de Marrocos e assentou-se com as suas tropas nesta zona da cidade, à qual deu o nome de Tetuán de las Victorias.

As pessoas de Madrid e dos arredores vão até Tetuán para felicitar os soldados ou para vender as suas mercadorias. E começam a instalar-se na zona e dessa forma nasce uma nova cidade.

Até 1948, Tetuán de las Victorias pertencia a Chamartin de la Rosa, uma cidade independente de Madrid, mas com o crescimento da capital espanhola,tanto Chamartin como Tetuán foram anexadas e passaram a ser bairros de Madrid. O mesmo aconteceu com outras pequenas cidades como Carabanchel.

bairro de salamanca

Bairro de Salamanca

Não tem nada a ver com a cidade, mas com o apelido do construtor José de Salamanca um aristocrata do século XIX que chegou a ser considerado o homem mais rico da Espanha de Isabel II.

Nessa altura esta zona era conhecida como o Ensanche de Madrid, e José Salamanca decidiu que era boa ideia investir nestes terrenos e começou a construir a torto e a direito na zona.

A jogada não lhe saiu bem e passou de ser um dos homens mais ricos a morrer na bancarrota. Actualmente é uma das áreas mais exclusivas de Madrid, com os m2 mais caros de Espanha, tanto em casa como em comércios.

Está repleto de lojas caras. As melhores marcas têm as suas montras nesta zona da cidade, que também é conhecida como “a milha de ouro”. Por aqui respira-se luxo.

– Publicidade –



estanque do retiro

Bairro do Retiro

O bairro do Retiro deve o seu nome ao maior parque urbano de Madrid, os Jardines de el Buen Retiro (Jardins do Bom Retiro), que aqui estão localizados.

Como contei num outros artigo sobre o Parque do Retiro, quando este foi construído, Madrid era bastante mais pequena, somente a zona onde se encontra o Palácio Real, a Plaza de la Villa e a zona histórica da cidade (bairro dos Áustrias).

Nessa altura, ir para o Parque do Retiro e para o seu Palacete, era como ir para o campo. Era um lugar retirado do centro da cidade, e um lugar para onde os reis se podiam retirar em épocas de luto, quaresmo ou penitência.

catedral da almudena

Bairro de Madrid de los Áustrias

Outro bairro que na realidade não existe.

Chamamos Madrid de los Áustrias à zona mais antiga da cidade de Madrid, onde se encontra o Palácio Real, a Plaza Mayor ou a Catedral da Almudena.

Aqui no blog podes encontrar um artigo dedicado exclusivamente a este bairro.

mercado chamartin
(fonte: wikimedia commons)

Bairro de Chamartín

Diz-se que na antiga vila de Chamartin de la Rosa havia uma taberna que pertencia a um francês de apelido Martin. Em francês, “chez Martin” significa “casa de Martin”, o que poderia ter dado origem ao nome. É uma bonita história, mas como teoria de nome de uma vila, é capaz de ser um pouco “demasiado bom para ser verdade”.

Há historiadores que dizem que o nome deste bairro provem de uma antiga eremita que aqui existia e onde se adorava a San Martín (São Martinho).

– Publicidade –



bairro de carabanchel

Bairro de Carabanchel

A origen do nome Carabanchel é desconhecido, mas existem várias teorias sobre qual poderá ser a sua origem. Uma delas faz referência aos campos de grão-de-bico que aqui existiam e de onde saía o grão-de-bico para o famoso Cocido Madrileño. Em espanhol estes campos têm o nome de garbanzal.

Outra das teorias faz referência às caravanas que por aqui passavam e iam para Madrid.

Uma terceira teoria vem dos linguistas e tem a ver com os topónimos que começam por “car-“ e a sua relação com a raiz indo-europeia “kar-“ que significa pedra. Assim sendo, Carabanchel seria uma “terra pedregosa” ou “pedregal”.

bairro ciudad lineal

Bairro de Ciudad Lineal

O nome deste bairro faz referência a como foi edificado. No final do século XIX, o urbanista Arturo Soria decidiu começar a construir habitações para a alta sociedade nesta zona da cidade de Madrid, dividindo-a a meio por uma avenida em linha recta por onde passava o elétrico (tranvia).

A ideia da divisão de Ciudad Lineal era descongestionar as cidades tradicionais e foi um projeto piloto, com vista a ser repetido no futuro.

bairro de hortaleza

Bairro de Hortaleza

Nunca digam isto em Hortaleza, mas há quem diga que o nome vem realmente de hortalizas (hortaliças). Não as que se cultivavam aqui, porque nesta zona o cultivo era maioritariamente trigo, cevada e centeio; mas das hortaliças que por aqui passavam a caminho de Madrid para serem vendidas.

Outra teoria diz que o nome provém do latim e que, se durante o século XII um madrileno abandonasse a cidade pelo Camino de Hortaleza de manhã, caminharia sempre Orta-lucis, que é como quem diz, em direção à “saída do sol” (nascente).

 


Conhece Madrid com uma guia portuguesa apaixonada pela cidade!

Sabe mais sobre os nossos tours guiados por Madrid.


 

Como é óbvio, não estão aqui as explicações de todos os nomes dos bairros de Madrid! Escolhi apenas os mais conhecidos e aqueles bairros cujos nomes me pareceram mais interessantes de conhecer. Há algum outro nome de algum dos bairros de Madrid que queiras conhecer? Diz-me qual nos comentários e eu procuro mais informação!

flecha azul separadora

PROGRAMA A TUA VIAGEM PARA MADRID

Reserva os teus voos baratos para Madrid através do Skyscanner.

Reserva o teu hotel no Booking, com toda a garantia e segurança de uma plataforma mundialmente reconhecida.

Faz uma visita guiada por Madrid comigo! Privada, personalizada e ao teu ritmo!

Descobre as melhores atividades de Madrid com a Civitatis! Entradas para museus, espetáculos e muito mais.

Chegaste ao aeroporto de Barajas e procuras um transfer privado para te levar ao hotel ou ao centro de Madrid? Aqui estão as melhores opções!

Contrata o teu seguro de viagens com a IATI através dos nossos links e recebe 5% de desconto!

Faz as tuas reservas através dos links parceiros que te deixo no final de cada artigo. Ao utilizares estes links NÃO PAGAS MAIS e ajudas-me a manter o blog, já que recebo uma pequena comissão por cada venda. Muito obrigada!



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

4 + twenty =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.