Quem já viajou por Madrid de certeza que se deu conta de que por aqui as festas tradicionais se chamam verbenas.

Uma verbena é uma festa popular com baile das cidades ou aldeias, que celebra o dia de um santo ou alguma outra festividade importante. Costuma ser feita à noite e ao ar livre.

A origem etimológica da palavra vem do latim verbēna, o nome dado a uma planta utilizada desde o tempo dos romanos e gregos pelas suas grandes propriedades curativas.

Mas será que sabem o porquê neste nome?


Queres conhecer a cidade com uma guia que fala português?

Desbrava Madrid com uma das nossas visitas guiadas privadas!


 

O que é a verbena?

A verbena é um género de plantas herbáceas e perenes com mais de 250 espécies diferentes. Podemos encontrá-las em ambos os hemisférios, preferencialmente em solos arenosos e com boa drenagem.

(Wikimedia Commons / Licença CC)

Desde o tempo dos egípcios, está associada às curas medicinais e às forças sobrenaturais. No antigo Egipto era chamada de “lágrimas de Isis”; na Antiga Grécia foi dedicada a Eos Erigineia, deusa do amanhecer. No início do Cristianismo, as lendas dizem que a verbena foi utilizada nas feridas de Jesus depois de o descerem da cruz, passando a chamar-se “erva santa”.

Foi utilizada como amuleto contra a feitiçaria e, segundo algumas séries de hoje em dia, é um potente veneno contra os vampiros.

A verbena pode ser utilizada em infusão ou pó e tem várias propriedades curativas: ajuda a baixar a tensão, alivia dores de cabeça, favorece a absorção de alimentos e ajuda a digestão, entre outras.

(Wikimedia Commons / Licença CC)

– Publicidade –



Porque se chamam verbenas às festas populares de Madrid?

Durante a Idade Média, a noite de São João (ou o solstício de verão, a 23 de Junho) era aproveitada para fazer rituais noturnos junto ao mar e à luz da lua utilizando as plantas da verbena para feitiços de amor ou para mulheres que queriam ficar grávida.

Em Madrid, e já durante o século XIX, os madrilenos aproveitavam a noite de São João para irem até ao Cerro de San Blás, onde hoje se localiza o Observatório Astronómico do Retiro, procurar esta planta medicinal que deve ser colhida antes do amanhecer.

(Wikimedia Commons / Licença CC)

Para não adormecerem nem perderem o momento ideal para apanhar a verbena, as pessoas iam para o local no dia anterior e passavam toda a noite a cantar e a dançar até chegar a hora H.

A estes preparos tinham o costume de chamar “ir de verbena”, e a partir daí evoluiu o conceito até que todas as festas foram chamadas de verbenas.

Guarda este artigo no Pinterest para o teres sempre à mão!

flecha azul separadora

PROGRAMA A TUA VIAGEM PARA MADRID

Reserva os teus voos baratos para Madrid através do Skyscanner.

Reserva o teu hotel no Booking, com toda a garantia e segurança de uma plataforma mundialmente reconhecida.

Faz uma visita guiada por Madrid comigo! Privada, personalizada e ao teu ritmo!

Descobre as melhores atividades de Madrid com a Civitatis! Entradas para museus, espetáculos e muito mais.

Chegaste ao aeroporto de Barajas e procuras um transfer privado para te levar ao hotel ou ao centro de Madrid? Aqui estão as melhores opções!

Contrata o teu seguro de viagens com a IATI através dos nossos links e recebe 5% de desconto!

Faz as tuas reservas através dos links parceiros que te deixo no final de cada artigo. Ao utilizares estes links NÃO PAGAS MAIS e ajudas-me a manter o blog, já que recebo uma pequena comissão por cada venda. Muito obrigada!



1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

twenty + fourteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.